ABRAGNOSE - Academia Brasileira de Gnose

O Leão Verde

1. O Leão Verde é o Íntimo de cada um.

2. Este trabalho se realiza com o VITRIOLO de Vênus.

3. VITRIOLO: Visita interiora terrae rectificando invenies occultum lapidem.

4. Visita as entranhas da terra para destilar a pedra oculta.

5. É preciso visitar o interior da nossa terra para encontrar a nossa pedra bendita.

6. Essa pedra bendita é o sêmen.

7. VITRIOLO: Vidro líquido, flexível, maleável. Destilando esse líquido encontramos a tintura de ouro, o Leão Verde da alquimia: o Íntimo.

8. O VITRIOLO tem duas cores: vermelho e branco.

9. O vermelho torna todas as coisas rubras e até tinge de vermelho os corpos brancos.

10. Essa é a cor da paixão.

11. O branco branqueia todas as coisas e branqueia os corpos vermelhos do abismo.

12. Quando estamos roubando o fogo do diabo, entramos pelas portas eróticas no mundo da paixão para dele roubar as taças correspondentes às vértebras da coluna espinhal.

13. Então os demônios tentadores nos atacam no submundo e nos toca travar grandes batalhas com eles para lhes tirar as taças de nossa medula espinhal.

14. Cada taça roubada no submundo resplandece com brancura imaculada em sua correspondente vértebra medular.

15. Eis como o branco do VITRIOLO branqueia todos os corpos vermelhos.

16. Em busca dos Leões Vermelho e Verde temos que descer muitas vezes ao abismo e subir de novo.

17. A porta de entrada do abismo é a paixão carnal.

18. Importa dominar a besta para roubar o fogo do diabo.

19. Hermes Trismegisto em sua Tábua de Esmeralda diz: “Separar a terra do fogo, o sutil do espesso, suavemente e com grande indústria. Ele sobe da terra para o céu e em seguida volta a descer à terra para recolher a força das coisas superiores e inferiores”.

20. Assim terás todas as glórias do mundo porque toda a escuridão se afastará de ti.

21. É a força forte de toda força porque vencerá toda coisa sutil e penetrará toda coisa sólida. Eis como foi criado o mundo.

22. Se agrega ao VITRIOLO ar e água e se purifica durante um mês.

23. Terminada a putrefação aparecerão as cores branca e vermelha.

24. Com isto queremos dizer que depois de se estar praticando a Magia Sexual por algum tempo, o fogo do Kundalini desperta.

25. O despertar desse fogo não oferece perigo algum porque se realiza mediante a direção de um especialista do mundo invisível.

26. A tintura vermelha do VITRIOLO é o fogo.

27. Paracelso diz: “Trabalha com essa tintura em uma retorta e verás sair dela sua negrura”.

28. Essa retorta da alquimia são nossos órgãos sexuais.

29. Quando estamos trabalhando com a tintura do Leão Verde, os tenebrosos do abismo nos atacam e por isso vemos sair a negrura da retorta.

30. Porém, destilando na retorta, no fim encontramos um líquido branco.

31. Esse líquido branco são todos os graus esotéricos da nossa coluna espinhal.

32. Há que se retificar incessantemente nossa tintura para obter o Leão Verde.

33. Esse Leão Verde é o bálsamo natural de todos os planetas celestes e tem o poder de curar todas as enfermidades.

34. O Leão Verde é nosso anjo interno, nosso Eu Superior, nosso Íntimo.

gnose-igb_alquimia

Para um maior aprofundamento, recomendamos: Tinturas Astrais


Autor: Aun Weor
Capítulo 10 do livro Alquimia Sexual

15 de outubro de 2013

ABRAGNOSE - Academia Brasileira de Gnose

Lançamento 1ª versão: 4 de fevereiro de 1997. Atualizações contínuas e permanentes. Copyright 2005-2014© Todos os direitos reservados. A responsabilidade deste site é da Igreja Gnóstica do Brasil - IGB