ABRAGNOSE - Academia Brasileira de Gnose

O Solstício de Inverno e o Natal

A astrologia é uma das mais antigas ciências do mundo, presente em todas as culturas e épocas. Ela abarca todo o campo de conhecimento dos astros, e inclui, para além da ciência divinatória com a qual a temos confundido, outras áreas diversas como a da astronomia, da astroteologia e da astroteurgia, para citar algumas. Nesta época do ano em que comemoramos a festa do nascimento de nosso Salvador, o Cristo, não temos como, por exemplo, entender todo o real significado desta comemoração sem apelar para esta tradicional ciência.

Tratemos hoje somente da data em si. Em nenhum dos antigos textos cristãos aparece o 25 de dezembro como a data de nascimento de Jesus. Esta data somente foi escolhida muito depois e relaciona-se com a comemoração do chamado solstício de inverno no hemisfério norte – uma festividade bem conhecida dos antigos povos e cuja marcação é astronômica. É nesta época do ano, em 21 de dezembro, que o Sol alcança sua máxima declinação sul, ou seja, é nesta época do ano que temos, no hemisfério norte, a mais longa das noites.

Astrólogos e globo terrestreNos três primeiros dias após o solstício o Sol manifesta visivelmente seu reinício de ascensão, trazendo aos homens a esperança da primavera e da renovação da vida. Tão importante é esta data que muitos povos a comemoravam e ainda a comemoram, pois é simbolicamente a data de renascimento anual daquele que nos salva das trevas, do frio e da fome: o Sol.

Os romanos, dentre outros povos, também comemoravam esta data. Os que cultuavam o deus Mitra (outra tradicional divindade solar na qual foi baseada boa parte da mitologia cristã), tinham nesta época a comemoração de seu nascimento: era a festa do Dies Natalis Solis Invicti, o dia de nascimento do Sol Invencível.

Também é interessante observar que nesta época, justamente no momento da noite que separa o dia 24 do dia 25 de dezembro, é o signo de Virgo, a Virgem celeste, que desponta no ascendente. Ou seja: o Sol Salvador nasce da Virgem e inicia sua jornada rumo à crucificação que ocorrerá no equinócio de primavera (hemisfério norte). Mas sobre isto falaremos em nossa próxima edição!

REVISTA GNOSE VIVA
O Simbolismo do Natal – Chaves para compreensão da mitologia cristã.
Autor: Ricardo Bianca de Mello
Verão 2013 | Edição 01

6 de abril de 2015

ABRAGNOSE - Academia Brasileira de Gnose

Lançamento 1ª versão: 4 de fevereiro de 1997. Atualizações contínuas e permanentes. Copyright 2005-2014© Todos os direitos reservados. A responsabilidade deste site é da Igreja Gnóstica do Brasil - IGB